top of page
Buscar

Pessoa negra, veja alguns comportamentos que você pode ter em relação às suas dores



1- Você cresceu acreditando que seu dever é cuidar dos outros, principalmente dos mais vulneráveis, em detrimento do seu autocuidado?


2- Você tem disponibilidade para dizer não, e consequentemente estabelecer limites em suas relações?


3- Você tem a autopercepção de pouca autonomia e sente-se fragilizada(o) diante das intempéries da vida, e sua rede de apoio é limitada?


4- Você recorre a "Gritar de Dor" como forma de ser acolhida e amparada diante dos silencimentos e opressões vivenciadas no cotidiano?


Se você respondeu sim a maioria dessas perguntas, saiba que você tem vivenciado as consequências da lógica colonial que inválida nossas dores, nos desuminizando ao ponto de acreditarmos que não merecemos ser cuidadas,

ou acreditar que só merecemos esse cuidado se estivermos sangrando em nossa dor.


Existem outras formas de acessar ajuda e existem formas de aprendermos a compreender os pedidos de ajuda que não sejam somente pela via do "grito de dor".


Esse movimento fará com que sejamos capazes de construir maneiras de nos comunicar em que sejamos validadas e acolhidas não somente em meio a dor paralisante, mas por que somos humanas.


🌵Psicóloga Elaine Matias Damacena

CRP 03/25819

Comments


  • Whatsapp
bottom of page